Museus

 

Onde encontrar Salvador Dalí

 

 

Por Chandra Santos

 

O Teatro-Museu Salvador Dalí começou a ser construído na cidade de Figueres, na Espanha, na década de 60. Construído sobre as ruínas do antigo Teatro de Figueres, uma construção de 1850 destruída durante a 2ª Guerra Mundial, o local foi projetado pelo próprio Salvador Dalí. Ele queria que as pessoas tivessem uma experiência real, explorando o seu mundo único.  No site da fundação há palavras de Dalí sobre o projeto:

“É óbvio que existem outros mundos, isso é certo, mas, como eu disse muitas vezes, esses outros mundos estão em nossas vidas na terra, e precisamente no centro da cúpula do Museu Dali, onde todo o mundo, novas e insuspeitadas alucinatória do Surrealismo “, explicou Salvador Dalí.

 

Interior do Teatro-Museu Salvador Dalí

Em 1974 o local foi inaugurado e até hoje conta com o maior acervo sobre o artista. Desde as primeiras obras até as mais recentes. No local funciona ainda o Museu das Joías de Salvador Dali. E na cripta do castelo há o túmulo do artista.

 

Teatro-Museu Salvador Dalí

Em Portlligat, em Cadaqués, na Espanha há outro museu do artista. Trata-se da casa onde ele morou até 1982, quando Gala morreu e ele se transferiu para o Castelo de Púbol.

 

Pátio da casa de Portlligat

 

O Castelo de Púbol, que Dalí comprou para Gala, é terceiro museu do artista. Inaugurado em 1996, lá está enterrada a esposa do artista. O local foi construído  provavelmente nos séculos XIV ou XV e reformado na década de 70. Foi a última residência de Salvador depois da morte de Gala.

 

Castelo de Púbol

 

Nos Estados Unidos existe um museu sobre Salvador Dalí, o The Dalí Museum.  Enquanto que em Paris é possível visitar a exposição permanente sobre o artista, a Espace Dalí Montmartre.

A estudante de Publicidade Thayná Pinheiro é uma fã do trabalho de Dalí:

“Eu acho pintura uma arte muito interessante, onde o pintor expressa o seu “eu” ali naquela tela. Meu primeiro contato com as obras de Salvador Dalí foi em uma matéria que fiz na faculdade, desde então, tenho muita vontade de conhecer algum museu deste artista e analisar de perto as obras dele”, declara Thayná.

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: